O calor de Madrid

O despertar ao sol quente que toca na pele

Os ruídos das ruas a acordarem de uma noite sem fim

O calor de Madrid.

O ar que pesa e é difícil de penetrar

Moves-te pelas ruas a tentar rompê-lo

Esse calor de Madrid

O calor da língua, da música, das conversas

Dos gritos e do choro

É o calor de Madrid

Um riso sonoro que rompe esse ar,

A brisa que corre e que te deixa mais leve

Os corpos colados numa esquina

O prazer de uma aragem gelada

Este calor de Madrid.

Escrito durante um tórrido mês de Agosto

By Marta

Este é um espaço onde se cruzam pensamentos, línguas, histórias deste mundo e dos que criamos. Um blog e portefólio pessoal, onde o universo de cada um de nós é atravessado por uma linha transversal de emoções, ideias e sonhos. // // A place where thoughts, languages, real and imaginary stories cross paths. A blog and portfolio where our universes meet though transversal emotions, ideas, and dreams.

Leave a comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: